Home > Blog > Notícias > MKT – O que não fazer durante a Copa

Todos os negócios, inclusive de pequeno e médio porte, podem lucrar com as estratégias de marketing baseadas na realização da Copa do Mundo no Brasil, porém é preciso observar algumas regras informadas através do Programa de Proteção às Marcas (PPM) da FIFA.

O PPM da FIFA tem como objetivo informar a todos o assunto Copa do Mundo. Seus derivados não podem ser utilizados por aqueles que não são patrocinadores oficiais do evento.

Isso significa dizer que o Programa de Proteção às Marcas dispõe:

•  Sobre o uso das marcas;
•  Atividades de marketing proibidas;
•  Áreas de restrições comerciais;
•  E produtos falsificados relacionados a um dos maiores eventos esportivos do mundo.

Dessa forma, seguir o que é informado no PPM da FIFA é a melhor forma do marketing da sua empresa lucrar com o evento sem infringir nenhuma lei e, obviamente, ser multado por isso.

O que você não pode utilizar como marketing

Segundo a FIFA é proibida qualquer ação promocional vinculada ao Mundial 2014 realizada por empresas não patrocinadoras oficiais do evento.

Uma estratégia de marketing assim, caracteriza-se como marketing de emboscada, já que a empresa tem como objetivo se beneficiar do evento e conseguir retorno em algo que acontece com a ajuda dos patrocinadores oficiais do evento.

Ainda de acordo com o Programa de Proteção às Marcas, o logo oficial do evento não pode ser utilizado sem autorização em qualquer mercadoria de uma empresa e, caso isso aconteça, será considerada uma falsificação e o responsável por ela deverá responder a justiça.

Um pequeno resumo do que empresas podem fazer e quais as restrições:

Pode
 

•  As empresas localizadas nas Áreas de Restrição Comercial podem funcionar normalmente, sem qualquer prejuízo para a oferta dos seus produtos e serviços e ações promocionais sem associação com a Copa.
•  Utilizar as estratégias de marketing relacionadas ao futebol e não especificamente a Copa do Mundo.
•  Deixar o marketing abusar da criatividade para lucrar com o evento, sem infringir a lei.

Não pode
 

•  Usar as marcas da FIFA e da Copa do Mundo FIFA 2014, sem prévia autorização;
•  Distribuir ingressos para os jogos, se não for patrocinador;
•  Produzir e vender produtos com as marcas da FIFA, sem prévia autorização;
•  Realizar ações promocionais associadas à Copa, se não for patrocinador.

O Marketing nas redes sociais também pede cuidado

Todo o cuidado é válido não somente para ações e campanhas promocionais, como também para pequenas postagens e geração de conteúdo, inclusive nas redes sociais.

Nas próprias recomendações da FIFA, está proibida a utilização de uma série de termos e imagens relacionadas a Copa do Mundo. Como as palavras:

• 2014 FIFA World Cup Brazil
• 2014 FIFA World Cup
• FIFA World Cup
• FIFA
• World Cup
• 2014 World Cup
• World Cup 2014
• Brazil 2014
• 2014 Brazil
• Football World Cup
• Soccer World Cup
• Copa 2014
• Copa do Mundo
• Mundial 2014
• Mundial de Futebol Brasil 2014
• Copa do Mundo 2014
• Nomes das cidades sede + 2014 (ex. Rio 2014; Brasília 2014)

Para que a sua empresa e as devidas ações de marketing sejam realizadas da melhor forma é recomendado ler e analisar o PPM por completo.

Fonte: inovahouse.com.br

Comentar

5 + 5 =

DESENVOLVIDO POR YELLOW LAMP