Google ou Facebook: onde é melhor anunciar?

23/06/2016 by in category Dicas, Empreendedorismo, Marketing Digital tagged as , , , , , with 1 and 0
Home > Blog > Dicas > Google ou Facebook: onde é melhor anunciar?

Hoje em dia, anunciar na internet não é mais uma opção e sim uma necessidade. O Google é o maior buscador do mundo e o Facebook possui milhões de usuários ativos somente no Brasil.

O Google AdWords e o Facebook Ads são duas ferramentas de divulgação conhecidas por impulsionar bem as vendas dos mais variados tipos de produto pela internet e são opções eficientes e baratas para quem deseja anunciar no mundo virtual.

Por serem as ferramentas mais populares, a dúvida sobre em qual delas investir é muito frequente dentro das empresas. Perguntas como “Onde investir?”, “Quais as diferenças?” e “Devo investir em ambos?” são as mais comuns nessa hora.

Os benefícios e vantagens de cada um são distintos e realmente dependem do nicho de negócio em questão e, principalmente, do objetivo definido. Alguns fatores como o público a ser atingido, estratégias de visibilidade e conversão são levados em conta na hora da escolha da ferramenta.

Para entender qual a melhor plataforma para o seu negócio, vejamos as explicações abaixo:

Motivos para anunciar no Facebook Ads

face

O Facebook Ads é um sistema de anúncios dentro da própria rede social. Ter uma página no Facebook é requisito para poder veicular um anúncio ou impulsionar uma publicação. Os anúncios no Facebook possuem texto e foto e podem direcionar para seu site, Fanpage ou aplicativo. Se quiser divulgar a Fanpage da marca, é possível promover através de Posts patrocinados e a opção aumentar as curtidas.

A maior vantagem de anunciar no FaceAds é determinar com bastante precisão o público que se deseja captar. Pela própria característica da rede social, o Facebook permite segmentar o público por sexo, cidade, estado, idade, estado civil, profissões, interesses pessoais, etc. Da mesma forma, você consegue controlar o formato de exibição, se anúncio de Feed de noticias, de lateral, para mobile ou ainda aparecendo no Instagram.

Assim o usuário que está navegando pelo Feed e vê os anúncios nas laterais ou no próprio Feed, diferentemente do Adwords, em que o usuário está buscando pela palavra-chave naquele momento, o usuário da Rede Social não estavam buscando exclusivamente por aquele assunto, mas surpreendido pela exibição do anúncio.

Apesar de ser muito mais direcionado para o público, o anúncio costuma ter uma taxa menor de conversões, justamente pelo usuário não estar buscando necessariamente por aquele assunto exibido. Contudo, o Facebook é ideal para abordar a pessoa exata e em um momento de “ócio” e por tanto, ideal para pegar o Lead que quer aprender mais.

Motivos para anunciar no Google AdWords

google

O Google é o mecanismo de busca mais usado no mundo e sua plataforma de anúncios é a mais popular da web. Assim, parece claro que utilizar o Google Adwords é essencial para quem quer aumentar sua presença online. Porém, é importante definir quais são os objetivos deste investimento.

Neste caso, basicamente, o usuário faz uma busca no Google e recebe uma lista de resultados relevantes. As páginas anunciadas pelo Adwords aparecerão no topo da lista, que é o lugar que mais recebe cliques. Ou seja, ao anunciar no Adwords, seu site estará localizado no lugar de maior evidência e taxa de cliques.

No entanto, deve-se ter em mente que existe muita concorrência dentro do sistema do Google Adwords. Para se destacar e alcançar as primeiras posições no buscador é necessário estudar muito as palavras-chave relevantes, o mercado e a concorrência online, e isso tudo demanda certo tempo e dedicação.

Além disso, É preciso também manter-se atualizado, otimizando as campanhas constantemente para evitar desperdício de verba e atrair clientes em potencial.

A Rede de Display e o Remarketing, por exemplo, são outros recursos existentes dentro da plataforma. Porém, estamos tratando aqui somente da Rede de Pesquisa, que é o recurso mais usado nesse sistema e sinaliza os anúncios direto no buscador.

Em resumo, podemos afirmar que anunciar no Google AdWords tende a trazer um visitante mais próximo do momento de compra (de “final de funil”, que já tomaram uma decisão de comprar e estão considerando uma solução) pois muitas pesquisas são realizadas com termos ligados a um ação, por exemplo “comprar sapatos masculinos” ou “melhores preços para sapatos masculinos”.

Outras pesquisas que utilizam termos com “como fazer aquilo”, “porque tal coisa”, “qual aquilo”, representam pesquisas de “começo de funil” (aprendizado) e podem ter bons volumes e quase nenhuma competição no AdWords, sendo ideal para geração de Leads.

Afinal, qual a escolha ideal para o meu negócio: Google ou Facebook?

Como já mencionamos, a escolha depende do objetivo da empresa anunciante. Se o objetivo é vender, ou seja, a conversão imediata, o Google Adwords aparece como uma opção mais adequada. A taxa de conversão é mais alta, mais pessoas são atingidas e, principalmente, consegue-se atingir um usuário que pesquisa sobre o assunto e assim está mais propenso a efetuar a compra.

Porém, se o objetivo da empresa é a construção ou consolidação de uma marca, criar um relacionamento e/ou fidelizar clientes, o melhor caminho é o Facebooks Ads. Nesse caso, o retorno sobre o investimento é mais difícil de ser calculado, mas as Redes Sociais são ótimas ferramentas  para fazerem os usuários conhecerem o seu negócio e falarem dele. O relacionamento com o cliente é o que ajuda a vender dentro da rede social. Assim, recomenda-se o Facebook para marcas novas ou produtos exclusivos.

Ambas as plataformas possuem pontos fortes e pontos fracos. O cenário ideal seria utilizar os dois recursos para ter maior abrangência e garantir uma boa presença online, porém nem todos tem condições de anunciar nas duas ferramentas.

Seja qual for sua escolha, o investimento mais seguro é procurar uma equipe de profissionais especializados em marketing digital para auxiliá-lo em seus negócios.

Texto adaptado de: inteligencianetwork.com.br

1 Comentário

  • JAIRO
    on 21/08/2017 Responder

    Ficaria com o Google. Tinha uma página no Facebook onde só eu era administrador e ela simplesmente foi deletada, sumiu do facebook, sem maiores explicações e não foi por motivo de publicações imprórprias, pois era de igreja e só publicava os eventos e fotos. Havia investido em anúncios para conseguir likes e simplesmente desapareceu. Você paga e em contrapartida não tem NENHUM suporte ou atendimento ao cliente nestas horas.

Comentar

3 + nove =

DESENVOLVIDO POR YELLOW LAMP